Michelin vai levar seu famoso guia de restaurantes à Califórnia

Veja a classificação da seleção brasileira de churrasco nos Estados Unidos
12 de março de 2019
Senador consegue assinaturas necessárias para criação de CPI da Lava Toga
15 de março de 2019
Exibir tudo

Guia será o primeiro regional dos EUA feito pelo principal árbitro em excelência gastronômica do mundo

Serviços - Por
Lucas Shaw, da Bloomberg

Tecnologias -
access_time

13 mar 2019, 05h00

Clientes - O Michelin está criando um guia de restaurantes para a Califórnia, o primeiro guia regional dos EUA do principal árbitro em excelência gastronômica do mundo.

Cargas Urgentes - O guia da Califórnia incluirá restaurantes da área da Baía de São Francisco, da região vinícola e de Los Angeles, Monterey, Condado de Orange, Sacramento, San Diego e Santa Bárbara, anunciou a empresa em 5 de março. O Michelin revelará quais restaurantes receberão o cobiçado ranking de estrelas em um evento em Huntington Beach, nos EUA, em junho.

Notícias - O guia é um indicativo do crescente reconhecimento global da cena gastronômica em todo o estado da Califórnia. O Michelin publicou seu primeiro guia em 1900 e há muito tempo publica guias dedicados a países da Europa. Em 2007, iniciou um guia de São Francisco, que incluía os restaurantes de Napa Valley. Chicago, Nova York e Washington são as únicas outras cidades dos EUA que têm seus próprios guias independentes. (Um guia de Los Angeles foi descontinuado em 2009.)

Trânsito Aduaneiro - “Reconhecemos a Califórnia como a terra da comida e do vinho”, disse Gwendal Poullennec, diretor internacional dos guias Michelin. “Os inspetores do Michelin vêm jantando anonimamente por toda a Califórnia nos últimos 12 meses e ficaram muito impressionados com a criatividade demonstrada por seus chefs e com a qualidade de ingredientes frescos em todo o estado.”

Licenças e Certificados - Poullennec falou a respeito acompanhado por Thomas Keller, chef fundador do French Laundry, o primeiro restaurante da Califórnia a receber três estrelas, a maior honraria do Michelin.

Licenças e Certificados - O alcance do Michelin vem se expandindo em todo o mundo nos últimos anos. Atualmente, o Michelin publica guias dedicados a Xangai, Bangkok, São Paulo e Rio de Janeiro.

Carga Excedente - À primeira vista, a escolha da Califórnia pode parecer estranha. O guia de restaurantes normalmente recompensa aqueles cujas cozinhas exibem uma técnica refinada e cujos proprietários oferecem um serviço com bom atendimento e uma extensa carta de vinhos.

Pessoas - Um restaurante três estrelas tradicionalmente lembra um restaurante francês elegante com toalhas de mesa brancas e passadas. Em comparação, a Califórnia é a fazenda do resto dos EUA e seus chefs mais famosos pregam uma abordagem simples para cozinhar, o que contrasta fortemente com os salões de alta gastronomia da França.

Serviços Aeroportuários - Los Angeles, a maior cidade da Califórnia, nunca foi levada tão a sério quanto Nova York ou São Francisco pelos críticos de restaurantes porque sua gastronomia não é definida por bons restaurantes. Os lugares para comer mais característicos de Los Angeles são os caminhões de tacos e as lanchonetes de beira de estrada, os restaurantes de sushi e os de churrasco coreano.

Contato - Mas o mundo da culinária mudou e o Michelin está procurando mudar junto com ele. Os críticos e juízes que começaram a apreciar a excelência simples de Alice Waters, a chef do Chez Panisse, também deram estrelas a restaurantes especializados em iguarias baratas como o arroz com frango de Cingapura, o dim sum de Hong Kong e o ganso assado da China.

Meio Ambiente - O Michelin reconheceu essa dissonância, prometendo manter seus padrões, elogiando ao mesmo tempo o “ambiente culinário característico e de alta qualidade, mas descontraído”, da Califórnia, segundo Poullennec.

Fonte: https://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/michelin-vai-levar-seu-famoso-guia-de-restaurantes-a-california/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *